Sites Grátis no Comunidades.net
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
comentários
qual das paginas vocês gostaram? e interessante?
Maquiagem para pele moren
alma de mulher
moda mulhe
intimidade femanina
tudo sobre sexo
dicas 30 beijos do kama s
6 DICAS PARA TER A VIDA A
dicas e cuidados com seus
Ver Resultados

Rating: 2.9/5 (442 votos)




ONLINE
7




Partilhe este Site...



>curta  tambem minhas  pagina  no  face !! ♥♥♥

https://www.facebook.com/cantinho.dosprazeres?ref=bookmarks">https://www.facebook.com/cantinho.dosprazeres?ref=bookmarks


https://www.facebook.com/romanticos.10?ref=bookmarks


https://www.facebook.com/pages/Poetas-virtuais/230995257058857?ref=bookmarks


https://www.facebook.com/souatrevidasime?ref=bookmarks

 


mulher depois dos 30 o que muda
mulher depois dos 30 o que muda

Dá para ficar em forma, mesmo que o metabolismo sabote seu peso

O que você só descobre aos 30 anos

Quando era mais jovem, eu tinha certeza de que era magra. Olhando hoje as minhas fotos, cheguei à conclusão de que fui uma garota mais gorda do que sou agora na maior parte dos meus 20 anos. Por uma razão muito clara: não sabia comer. Cozinha para mim era o lugar onde eu tomava refrigerante e fazia pipoca. E, então, não há bom metabolismo que resista. Ou melhor, hoje vejo que tenho que agradecer de joelhos por não ter me transformado numa gordinha durante essa década. E foi exatamente no ano em que tive que encarar os 30 que me dei conta de que nunca, nem na adolescência, tinha tido um corpo tão bem definido e bonito. Milagre? Nada. Aprendi que não dá para comer quatro pedaços de pizza às 10 da noite e ir dormir. E que Deus só dá bumbum durinho a quem não falta à academia. Hoje o metabolismo já não é mais o mesmo. Se exagero num jantar, por exemplo, acordo me sentindo gorda. A comida não abandona o corpo nem com reza brava. Lembro que, nos meus 20 anos, quando queria emagrecer, abria mão do jantar - unzinho só - e acordava com a barriga negativa. Não acontece mais. Esse tipo de mágica a gente desaprende a fazer quando completa 30 anos.

AFINAL, O DESEJO SEXUAL MUDA MUITO DOS 20 AOS 50 ANOS? 



Muito se discute sobre a duração da vida sexual feminina, se somos mais “cali entes” aos 20, 30 ou aos 50 anos. Tem gente que diz que a mulher perde o tesão com a chegada da menopausa, e tem aqueles que acreditam que é o exato oposto, que quanto mais maduras elas ficam, mais sabem como sentir prazer. “Minha vida sexual mudou muito para melhor, com mais experiência”, conta a secretária Fernanda. “Tenho 55 anos no RG, mas minha cabeça tem 40”, enfatiza. “A partir dos 40, por incrível que pareça, e só quem viveu sabe, é um ato maduro com ar apimentado”. Para a terapeuta sexual Sandra Vasques, do Instituto Kaplan, é assim mesmo que as mais velhas devem pensar. “O desejo sexual não deve diminuir com o passar dos anos. É cultural achar que as mulheres, só porque estão envelhecendo, não têm mais desejo”, explica. “Como a sociedade olha dessa maneira, elas ficam um pouco retraídas”. Mas isso está mudando. Cada vez mais mulheres com uma vida pública vão à mídia mostrar que ainda sentem desejo sexual e são muito felizes na cama. Quer exemplo maior que a inveja que muita menina de 20 anos sentia da cinquentona Marília Gabriela quando ela era casada com Reinaldo Gianecchini?

Não é só psicológico 


Apesar da maior parte da perda do tesão feminino aos 50 estar ligada à cultura, o corpo dela também contribui para que o sexo não seja assim uma coisa tão fácil. Enquanto aos 20 elas estão com o corpo perfeito e os hormônios à todo vapor, aos 50 estão em declínio hormonal e o corpo começa a apresentar sinais de envelhecimento. A lubrificação da vagina também tende a ficar mais difícil, mas nada que o uso de um lubrificante externo não solucione. “O olhar, o toque, o ouvir, o falar, tudo isso permanece em dia. Quanto mais sexo a mulher fizer, mais excitada ela ficará”, diz Sandra. Fernanda completa: “Sexo com amor nunca perde o desejo. O que diminui a vontade são aquelas pessoas que não amam mais e usam isso como desculpa”.


Fases sexuais


De acordo com a terapeuta sexual Sandra Vasques, não se pode definir exatamente como cada mulher se sente em relação ao sexo pela idade. Mas linhas gerais podem ser criadas para explicá-las. A mulher de 20 anos está com o corpo em cima e tem uma sexualidade saudável, mas ainda falta experiência e aprendizado. A de 30 anos tem mais facilidade em viver essa sexualidade, mas acaba se envolvendo demais com o trabalho e com os filhos e acaba esquecendo esse lado prazeroso da vida. Aos 40, ela está com os filhos maiores, conhece o próprio corpo e pode viver bem o sexo, mas já se deparar com os próprios preconceitos de achar que está muito velha para isso. Já aos 50, os hormônios não estão mais em dia, mas a mulher tem mais tempo e experiência para usar a seu favor na hora do sexo. “Com a experiência, você conhece mais seu corpo e suas emoções. Fica uma coisa mais romântica, não é emoção de momento, é convivência”, define Fernanda.